Editorial

Sociedade e Mundo

# Cabo Verde: Ilhas Afortunadas?
Suzano Costa

O Discurso dos Outros
Sandra Coelho

Ciências Sociais

# O Corpo como Mediador da Relação
Ricardo Rodrigues

A Cultura da Crise
Joaquim Paulo Nogueira

Arquitectura e Design

# Arquitetura do Medo
André Gardenberg

De Inovações Disruptivas
a Experiências Sustentáveis

José Alves

Arte e Entretenimento

# Arquipélago Mecânico
Alexandra Antunes

O Libreto de Ópera ou as Metamorfoses
do Texto Literário

Luís Pimenta Gonçalves

Espaço Criação

# O Adeus às Ilhas
José Agostinho Baptista

Liese & Kufalt
Benjamin Brodbeck

 

Liese & Kufalt
Benjamin Brodbeck

Quando faço bandas sonoras gosto muito de utilizar as sonoridades que fazem parte do cenário. Foi assim, em 2009, no Schauspielhaus Hamburg, quando trabalhava na peça Wer einmal aus dem Blechnapf frisst de Hans Fallada.

No palco estavam várias máquinas de escrever, e estas funcionaram como instrumentos de percussão para mim. Nesta música combinei os ritmos das máquinas com a melodia principal da peça, que compuz num realejo. Apaixonei-me pela sonoridade do realejo, por transmitir sempre uma certa melancolia e invocar memórias da infância. Também o facto de compôr a música numa fita de papel, uma maneira bastante antiga de armazenamento de dados, acentuou essa nostalgia.

Funcionou muito bem em palco.

© Márcio Barcelos 2010

 

Share |


© PROJECTO10 - 2010 . PROJECTO10 - Revista Digital Temática - 10 Números 10 Temas